As práticas sustentáveis estão cada vez mais em alta, especialmente nas indústrias e no agronegócio. A adoção de métodos de produção e de materiais sustentáveis como a Polimanta para reservatórios não é somente uma tendência, mas também uma exigência por conta das novas leis ambientais.

Além disso, os produtores de alimentos e agricultores buscam a inovação em seus processos produtivos, assim como acontece nos demais setores.

Automaticamente, a inovação também passa pela otimização de recursos hídricos, gerando menor desperdício de água.

Por isso, há uma preocupação maior em investir na irrigação sustentável, contribuindo com o meio ambiente.

Desperdício de água: grande desafio para a irrigação

O agronegócio brasileiro se desenvolveu significativamente nos últimos anos. Embora muitos novos processos tenham sido adotados, visando à obtenção de maior produtividade e eficiência, o desperdício de água ainda é um desafio.

Ao mesmo tempo em que há grande disponibilidade de recursos hídricos no país, é fato que estes recursos não são ilimitados. Logo, a conscientização sobre o uso da água se faz necessária e obrigatória.

No entanto, grande parte das áreas produtivas utiliza sistemas de  irrigação caros, que geram o desperdício de água. Além do alto custo de produção que isso representa, o uso excessivo por alguns prejudica outras regiões, que sofrem com a escassez hídrica.

Tanto é que, atualmente, cerca de 72% de todo o consumo de água é destinado à irrigação da agricultura, um percentual acima da média mundial, que é de 70%. 

Sabendo que os recursos hídricos, apesar de abundantes no Brasil, não são inesgotáveis, a irrigação sustentável pode contribuir com o gasto consciente e sem desperdícios.

Vale investir em irrigação sustentável?

A ideia de produzir alimentos sem desperdiçar recursos naturais é algo possível e perfeitamente realizável. Sobretudo porque existem modernos sistemas de gotejamento, microaspersão, fertirrigação e captação de água da chuva para irrigação do plantio.

Ou seja, é uma possibilidade para que produtores e agricultores mantenham suas lavouras contando com a ajuda da inovação.

No entanto, para o melhor aproveitamento das técnicas de irrigação com água proveniente da chuva, são necessárias adaptações no sistema de coleta e manejo dessa água.

Uma das formas de garantir isso é a instalação da Polimanta agro para reservatórios.

Polimanta para reservatório nos sistemas de irrigação nas lavouras

Coletar água da chuva exige a realização de obras hidráulicas, que têm por objetivo fazer a captação e o armazenamento da água, com posterior sistema de distribuição.

Além da preparação do terreno, com assentamento e outros procedimentos, ocorre a instalação da Polimanta Agro para reservatórios.

Esse material atua como uma barreira contra a perda de água por infiltração no terreno.

Vantagens da polimanta agro do do Grupo Nortène

Além da característica de resistência química, a polimanta PEAD conta com resistência à oxidação e resistência UV, garantindo sua durabilidade após anos de uso em áreas abertas.

O material também é resistente à tração, à perfuração e ao rasgo. É certamente um produto que atende aos mais rígidos requisitos de segurança, garantindo a qualidade da obra.

Acesse nosso site e conheça mais sobre a nova linha Polimanta® do Grupo Nortène!

Open chat
Posso te ajudar? | ¿Puedo ayudarte?