Um novo método de armazenagem começou a ganhar força no setor de agronegócio: o silo-bolsa. Oferecendo baixo custo de investimento e facilidade de manuseio, os silos-bolsas já são bastante utilizados em países como Uruguai e Argentina, nos quais até 60% da produção de grãos já passam pelas silo-bolsas. 

O que é Silo-Bolsa?

As silo-bolsas ou silo-bags, como são também são chamadas, são compartimentos de armazenamento em formato de bolsas flexíveis, que permitem armazenar todo tipo de grão e silagem.

Mas, normalmente, esse método de armazenagem é aplicado nas culturas milho, soja arroz. No Brasil, estima-se que o país tenha aproveitado por volta de 65 mil unidades de silo-bolsa Em 2016, o Brasil utilizou 65 mil unidades de silo-bolsa, passando para cerca de 100 mil em 2017. 

Por que investir em silo-bolsa?

Os silo-bolsas certamente são um meio de armazenagem muito eficiente e que possibilita a redução de custos. Oferecendo tempo de armazenagem de, em média, 18 meses, essas bolsas têm alta durabilidade: vida útil de cerca de 10 anos.

O custo de investimento também é relativamente baixo para as empresas. Assim, uma silo-bag exige investimento a partir de R$ 1.500,00. Outro ponto positivo é capacidade de armazenamento das bolsas, que podem suportar de 180 a 250 toneladas por bolsa.

Silo-bag: manutenção da qualidade dos grãos armazenados

Uma das grandes vantagens da utilização dessas bolsas é que elas conseguem manter os produtos mais protegidos durante a armazenagem e transporte. 

Isso porque são produzidas com matérias-primas como polietileno e aditivos anti-UV, garantindo a proteção e a integridade dos produtos. Além disso, mais um benefício é a possibilidade de separar diferentes grãos dentro das bolsas.  

Cabe destacar que na parte interna da bolsa há ausência de oxigênio, um fator impeditivo de surgimento de fungos, insetos e pragas.

Sem contar que é um tipo de armazenamento 100% sustentável, oferecendo um grande diferencial para empresas que buscam se alinhar com as práticas responsáveis ambientalmente. 

Silo-Bolsa Silox

Atuante no mercado há 15 anos, a Silox, é a primeira fábrica no Brasil a dobrar e embalar o Silo-Bolsa através de processo 100% automatizado. Para confeccionar as bolsas, utilizamos metaloceno e dióxido de titânio, as melhores matérias primas do mercado.